b732ec69-69ca-496e-8964-29f0d3c010da_edited_edited.png

Alexandre Mavignier

Artes Plásticas

Artista plástico desde 1980, foi autodidata até aos 22 anos quando ingressou na Faculdade de Belas Artes em São Paulo. 
Toda sua obra é construída com materiais residuais orgânicos e não orgânicos de incêndios florestais, outras carbonizações e substratos sólidos urbanos.

Até 2020, participou de exposições em São Paulo, Palm Beach e Nova York e em 2021 está presente com a obra Amazon Tears na 17a Bienal de arquitetura de Veneza ( logo após a obra segue para ser exposta na New York Internacional Contemporary Art Societ em NYC ).
 Sua obra, "Menino Carregando a Própria Casa" está selecionada e será exposta na 59a Bienal de Arte em Veneza de 2022. "Amazon Tears" e a série "Mulheres Gigantes" estarão na 1a  Bienal da Amazônia em NYC e  em Belém do Pará. Em reconhecimento a seu envolvimento artístico com a Amazônia, Mavignier, recentemente a convite do IBA ( Instituto Bienal da Amazônia) passou a integrar o conselho curatorial e conceitual da Bienal da Amazônia.